segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Nutricionistas dão dicas de restaurantes saudáveis em Porto Alegre


Site Hagah conta com a minha participação.



Com o verão se aproximando é comum que muita gente comece a se preocupar mais com a balança, já que durante a estação das roupas curtas mais partes do corpo ficam expostas. Quem não está satisfeito com o próprio peso investe em dietas, entretanto às vezes é difícil comer bem e de forma saudável. E como no verão, em geral, o apetite diminui é bom aproveitar para escolher comidas mais leves e de preferência com produtos integrais, que dão sensação de saciedade. 
A nutricionista Julia Lorenzon considera comida japonesa como uma boa opção saudável e light, e cita os restaurantes Sushi Drive e Jappa Sushi. Entretanto é importante evitar os hot sushis e os sushis com peixe empanado dentro, já que ambos são fritos. "A salada é muito boa: além de ser gostosa tem baixas calorias, com pepino japonês e kani kama, que também é fonte de proteínas", sugere Júlia. "O ideal seria fazer um barquinho meio a meio, com 8 a 10 peças de sushi e cerca de 100 gramas de sashimi, que também é rico em proteínas e ômega 3.
Uma nova opção em Porto Alegre, o Balanceado, é outra sugestão da nutricionista. É um estilo de fast food saudável, com diversas opções de saladas, molhos e coberturas, das quais o cliente pode escolher oito tipos. "Eles montam uma salada completa, tem as folhosas (alface, agrião, rúcula), hortaliças (seleta de legumes, brócolis, cenoura ralada), a proteína magra (queijo branco, atum, frango desfiado, kani kama e os molhos. Nestes, é bom tentar evitar os à base de queijo e optar por azeite de oliva e coisas mais leves. Outra coisa importante é o complemtento, aí indico não optar pela batata palha, e sim a granola, a linhaça, a aveia".
Próximo ao Parque da Redenção, o restaurante Equilibrium é uma das sugestões da nutricionista Cláudia Carvalho, da Saúde & Vigor Consultoria em Nutrição e Personal Diet. O local funciona é "semivegetariano", pois oferece carne de peixe. "É um buffet supervariado, tem verduras em grande quantidade, frutas, arroz e massa integrais. Eles usam muito proteína de soja em pratos como strogonoff e bolinhos muito saborosos!", comenta Cláudia.  Porém, a mesa de doces tem sobremesas muito calóricas. "Aí recomendo passar longe!", conta. O ideal, neste caso, é comer uma fruta como sobremesa. A nutricionista  também não aconselha tomar qualquer bebida durante a refeição. "O líquido prejudica a digestão e acaba ocupando o espaço do estômago, dilata-o e faz com que a pessoa coma mais", esclarece. A dica é tomar alguma bebida somente após meia hora de completada a refeição e, ainda assim, somente 150 ml.
O Nutri Vida, localizado no Centro Histórico da Capital, é a segunda opção de Cláudia. O restaurante segue exatamente o mesmo estilo do Equilibrium, com buffet livre, mesa farta de saladas e sobremesas supercalóricas. O comensal deve cuidar ainda com os pratos que levam muito queijo, molhos e fritura. Estes últimos não são nem um pouco aconselhados. "O ideal e encher a metade do prato com salada, acompanhado de uma porção pequena de carne, que pode ser do tamanho de uma mão fechada e uma porção de carboidrato, de preferência integral", indica. E para quem está pensando em cortar carboidrato da dieta, Claudia faz um alerta: "O carboidrato é fundamental porque é fonte de energia, então é importante não cortá-lo radicalmente da refeição. Pode ser arroz, batata e aipim. O que deve sim ser excluído da dieta são os doces e as frituras. "O feijão é um item muito importante pois é rico em proteínas que complementam o arroz. Pode ser escolhido algum substituto ao feijão como lentilha, ervilha, grão de bico ou proteínas de soja", finaliza Cláudia. 

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Alimentos da Primavera! Adapte seu cardápio para a estação!

Assunto da entrevista publicada no site do empresário Abilio Diniz no qual fui colaboradora.


Alimentos da Primavera
Adapte seu cardápio para a estação

O colorido das flores e o clima ameno não são as únicas vantagens da primavera. A abundância de frutas e vegetais com maior valor nutricional e menor preço é outro grande proveito para se tirar da estação. E mesmo que a disponibilidade desses alimentos varie de uma região para outra, não há dúvidas de que esse é um excelente período para desfrutar de uma alimentação mais nutritiva e leve. “O ideal é ter uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, carnes assadas ou grelhadas e pouco sal para evitar a retenção de líquido”, afirma a nutricionista Claudia Carvalho
A especialista explica que a elevação da temperatura nessa época do ano também exige uma readaptação das refeições, pois nosso organismo precisa de menos calorias no dia-a-dia. “Ao invés dos pratos quentes e pesados do inverno, temos que dar espaço aos pratos mais leves e frescos”, diz.  Claudia recomenda o consumo de vegetais típicos da estação como couve, escarola, rúcula, agrião, espinafre, cenoura e beterraba. Já em relação às frutas, as melhores opções são abacaxi pérola, banana nanica e prata, mamão, mexerica, manga, jabuticaba, maçã, laranja pêra e caju.
Para aproveitar ainda mais o valor nutricional dos alimentos, o ideal é consumi-los crus. Porém, se você preferir cozinhá-los, a melhor alternativa é o método a vapor. “O vapor preserva o sabor, a cor viva e, principalmente, os nutrientes das verduras e legumes”, diz a especialista em nutrição desportiva, Graziela Dias Parisotto. Outra opção é usar os legumes, verduras e frutas em tortas, bolos, omeletes e quiches. E não se esqueça de usar as cascas, sementes e talos que são riquíssimos em vitaminas e nutrientes!
Mas não é só a alimentação que deve ser revista na primavera. A ingestão de líquido também deve ser reforçada nesse período. Como o clima está mais quente, a tendência é perder água pela transpiração, mecanismo do nosso organismo para reduzir a temperatura corporal. “Beber bastante água é importante para manter o corpo hidratado, pois a água presente na maior parte do nosso organismo participa de várias funções metabólicas, auxilia no processamento e transporte dos nutrientes, na circulação sanguínea e no equilíbrio hídrico adequado”, afirma Claudia. Ela ressalta que se deve dar preferência à ingestão de água pura, pois refrigerantes e bebidas açucaradas não trazem os mesmos benefícios e ainda acrescentam calorias ao longo do dia.
Mariana Teodoro

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

O quanto seu coração é jovem?

Adoro estes testes que indicam a sua qualidade de vida e outras coisinhas relacionadas a saúde.
Encontrei um teste que avalia a sua saúde cardíaca aqui. Ele não substitui uma avaliação realizada por médico e nutricionista, é apenas uma forma de conhecer aproximadamente como está a saúde do seu coração.

Faça o teste e volte aqui para me contar o resultado!

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Alimentação Balanceada

Por que não podemos ficar muito tempo sem se alimentar?? Assista o vídeo e descubra!

video

Direção de Arte e roteiro: Raphael Patapovas
Animação e ilustrações: Luciano Colucci
After effects: Fabio Espaziani

sexta-feira, 29 de abril de 2011

Abobrinha ao forno



Olá pessoal! 
Hoje venho divulgar uma receita muito fácil, saudável e saborosa. Pode ser preparada em poucos minutos! Aprecie! Não coloquei as quantidades pois é muito variável, fiz um porção bem pequena.

Abobrinhas ao forno

Ingredientes:
Abrobrinha verde
Tomate
Molho de tomate (usei um pronto de sachê, 100% natural e sem conservantes)
Queijo mussarela ralado (pode ser fatiado também)
Ervas naturais (da sua preferência, eu usei manjericao e ervas de provence)
Azeite de oliva

Modo de Preparo:
Em um refratário colocar uma camada fina de molho, sobre o molho colocar uma camada de abobrinha temperada cortada em rodelas (usei uma pitada de sal, os temperos naturais e um fio de azeite de oliva). E após a camada de abobrinha colocar uma de tomate cortado em rodelas.
Colocar um pouco de molho, pode ser bem pouco, não é necessário cobrir tudo, coloque apenas algumas "bolinhas" de molho por cima do tomate (o equivalente a uma colher de chá rasa).
Por cima colocar uma camada do queijo mussarela ralado.
Repetir as camadas com outra de abobrinha, tomate e ervas, molho e mais queijo. Por fim, levar ao forno por cerca de 30 minutos, ou até o queijo gratinar. Solta uma aguinha, é normal, mas nada que prejudique a delícia do prato!

Teste a receita em casa e deixe seus comentários aqui no blog! Caso tenha alguma é só entrar em contato.